Avengers – Earth’s Mightiest Heroes: O que significa estar em um time?

Um dia muito feliz no blog. Enfim falarei da Marvel, estava querendo analisar uma obra da Marvel já tem um tempo. Mas infelizmente não será Guardians of the Galaxy, disparado um dos temas mais pedidos de textos no blog tanto nos comentários do site quanto nos comentários da página do facebook. Infelizmente não assisti o segundo filme no cinema, e agora preciso esperar sair o Blu-Ray pra poder ver o filme em boa qualidade e decidir se tenho ou não algo pra falar sobre ele. Não prometo que terei, mas mesmo se tiver não esperem esse texto antes de agosto.

EDIT: Assisti o filme, e a análise dele já está no ar, cliquem aqui pra ler.

Em vez de falar do Marvel Cinematic Universe, eu quero falar de uma obra da Marvel completamente desrelacionada. E esse não-relacionamento com o MCU é um problema. Vejam bem, a Marvel enquanto empresa tem uma dificuldade muito grande de coexistir com mais de um canon, ou melhor, passou a ter depois que os filmes da empresa passaram a ter a proporção que eles tem. Todos nós conhecemos as histórias. A Marvel cancelou por um tempo a revista do Fantastic Four para não render novas histórias que potencialmente pudessem ser adaptadas pela Fox, pois eles tem essa rixa com a Fox em que a Fox não libera seus personagens para serem adaptados ao MCU, e a Marvel acredita que se esses personagens não podem existir no MCU, então eles não podem existir no cinema e faz tudo o que pode pra sabotar a franquia da Fox. Mesmo se isso significar a descontinuação de uma de suas revistas mais clássicas.

MCU
Ou você está com eles, ou está contra eles.

Sabem como a Marvel aparentemente não colocou nenhum mutante no último Marvel vs Capcom Infinite? É disso que estou falando.

De oito séries televisivas da Marvel atualmente, cinco são parte do MCU. Duas são inspiradas no MCU para pegar carona em seu sucesso e a última é completamente sem relação com o MCU, mas é produzida pela Fox e é com os mutantes, então Legion pode perfeitamente ser só mais um motivo pra Marvel continuar puta com a Fox.

Legion
Jeph Loeb disse que não promete que essa série possa ajudar a Marvel e a Fox a fazerem as pazes.

Bem diferente da DC, que mantém as séries da CW em um universo separado do DC Expanded Universe nos cinemas, e ainda mantém a Terra-16 de Young Justice com uma continuidade separada com quadrinhos e videogames completando lacunas na história, um universo de filmes animados lançado diretos pra DVD conectando sete filmes, e agora faz o mesmo com a franquia Injustice nos videogames, com uma continuidade sólida. Ou seja ao menos quatro grandes universos alternativos aos quadrinhos com um fandom por trás. E tudo isso coexiste de boa, sem competição interna e quanto mais universos alternativos, melhor.

Pra Marvel não, ou você está do lado do MCU, ou você está fora. Se você não curte os filmes da DC, tá cheio de material fora dos quadrinhos pra você ser fã no lugar, se você não curte o MCU, já era, vai ter que se contentar com uns desenhos meia-boca sem pretensão de ser um universo paralelo e pegando carona na popularidade do MCU.

GuardiansoftheGalaxy

Por que estou falando nisso? Simples, pois uma das primeiras vítimas dessa lógica empresarial, e a maior casualidade disso foi a série Avengers – Earth’s Mightiest Heroes. O que foi a segunda adaptação animada a conter o maior time de heróis da Marvel, e também na minha sincera opinião o melhor desenho animado a retratar um time de super-heróis atuando como um time.

AvengersEMH

Wow. Wow. Wow. Afirmação pesada. A informação implícita aqui seria que Avengers EMH seria melhor que X-Men, the Animated Series, X-Men Evolution, Justice League, Justice League Unlimited, Teen Titans e Young Justice? Sim. Exatamente, melhor que tudo isso. Ok, talvez eu ainda ache Young Justice melhor. Mas Avengers EMH, certamente retrata melhor o conceito do que é ser um time de super-heróis, enquanto Young Justice, retrata melhor o conceito de ser um adolescente super-herói.

Sim. Em Avengers EMH, o principal da série são os Avengers. Não necessariamente o Tony Stark ou o Steve Rogers, mas o conceito dessa grande equipe de super-heróis que se uniu para proteger o mundo, reconhecendo que algumas lutas são grandes demais e que nenhum herói precisa lutar sozinho.

Avengers

E segundo a série qual é o elemento mais importante na hora de se formar um time? Confiança. Ok, mas isso é óbvio, não é como se isso não fosse dito também em diversas outras séries de super-times. Tem que falar, confiança é fundamental em qualquer time. O diferencial aqui, é que na maioria das séries, confiança é um tema importante quando o time está se formando, mas uma vez estabelecido, eles já confiam um no outro e isso é de boa. Em Avengers EMH, mesmo com eles sendo amigos já, mesmo que alguns se conheçam de longa data, mesmo com o time estabelecido, o fato de que eles precisam confiar a segurança do mundo e a própria vida um no outro é sempre trazido a tona, e o quanto eles realmente não capazes de confiar entre si pra serem amigos é sempre trazido a tona.

HankJanUltron
“Só por que o Iron Man disse que nós somos uma equipe, não quer dizer que sejamos uma. Somos cinco estranhos. Leva tempo pra formar uma equipe.”

Trazendo Young Justice a tona só pra fins de comparação, e minizando spoilers ao mínimo, pois YJ não é o tema do texto. Tem esse determinado episódio, em que se revela que três membros do time estão guardando segredos pesados do time, que os conectam a vilões, e são chantageados por esses vilões pra fazerem atos anti-heróicos. Pois bem, esses segredos se revelados poderiam trazer a tona uma quebra de confiança que danifique o time. Porém apesar disso, os três resolvem entregar os próprios segredos e correr esse risco, e são coompreendidos, e o time seguiu funcional, pois eles confiaram em seus aliados para entender a situação e confiaram nos que tinham segredos para seguirem sendo aliados. Isso se deve pois o foco de YJ é mostrar o quão funcional o time é.

Avengers – Earth’s Mightiest Heroes, não. O foco era testar se eles conseguiam ser um time entre eles. Ou se eles eram diferentes demais pra conseguirem genuinamente ser um time. E eles são testados, e muito. Pois mesmo que eles superem seus problemas de confiança uma vez em um episódio, não é assim que estranhos se tornam aliados, isso requer tempo e paciência para todos os problemas realmente se forem.

BlackPanther
“Como eu sei que o incidente recente do Ultron não foi proposital? Ninguém aqui se conhece tão bem assim.”

E isso se aplica a cada personagem individualmente em seus arcos durante a série. O Thor por exemplo. A própria presença dele na Terra é uma quebra de confiança que ele cometeu com seu povo, já que ele supostamente deveria ter ficado em Asgard, protegendo-a durante o Sono de Odim, mas ele teve medo do risco que Midgard (a Terra) correria sem ele. Pois bem, uma vez na Terra, ele luta com Graviton, e junto dele forma os Avengers. E no time, seu maior conflito, é com Tony Stark. Thor, por vir de um mundo mágico, tem facilidade para aceitar a magia em seu cotidiano, mas uma resistência a aceitar a tecnologia, vendo as máquinas de Tony Stark como algo não-familiar para ele, e associando a ciência como a causa de diversas ameaças à Terra, como M.O.D.O.K, ou Ultron, ou robôs destruindo a cidade, por exemplo.

ThorCube
E é o tempo todo que o Thor enfrenta criaturas que são resultados da ciência.

Tony Stark naturalmente tem a perspectiva oposta, se sentindo não-familiar com a magia de Thor, que ele não pode dissecar e estudar. Tony é cético e não acredita que Thor seja realmente um Deus, ou que Asgard realmente exista, e vê nele um homem em delírio com poder sobre uma arma fantástica que ele não consegue estudar. Ao longo da série, Thor e Tony Stark vão ter que aprender a aceitar o mundo do outro pra trabalhar em equipe, mas isso não se resolve em um episódio, se resolve durante a primeira temporada inteira, quando no fim da temporada, Thor, impedido de voltar pra Asgard sozinho, tem que engolir seu orgulho e pedir pra Tony, desenvolver uma máquina que o envie pra Asgard, e Tony, por outro lado, precisa admitir que Asgard existe e salvar aquele povo.

ThorIronMan
Uma rivalidade imensa que quando enfim encontrou confiança mútua atingiu um resultado magnífico que nenhum dos dois conseguiria sozinho. Uma representação menor do que os próprios Avengers são.

Temos também o Hulk, também conhecido como “Ameaça pública nº1.” O Hulk desse desenho fez um pacto com Bruce Banner de se esforçar em proteger os inocentes, mesmo sabendo que esses inocentes nunca fariam nada por ele e seguiriam ondiando-o, mas em troca, Banner permitira que ele fosse o Hulk na maior parte do tempo, sem lutar pelo controle do corpo.

HulkBanner

Por conta desse pacto, ele ajudar os Avengers na luta com Graviton, e é aceito como um aliado pelos demais heróis e entra no time. Porém o buraco é mais embaixo. Algumas pessoas, dentro e fora do time viam a inclusão do Hulk menos como um aliado, e mais como uma maneira de colocar os maiores heróis da Terra vigiando o Hulk a maior parte do tempo. E mesmo que muitos não vissem assim, o Hulk via assim a situação. No primeiro deslize do grandalhão, Enchantress, uma inimiga do Thor começa a controlar seu corpo, e instantaneamente o time acredita que o Hulk surtou e começa a lutar pra derrotá-lo. Quando ele recupera o controle e Enchantress é derrotada, Hulk vê que ninguém do time tentou ajudá-lo, e que ninguém confiava nele de verdade, e decide sair do time.

HulkLeaving
“Vocês não são diferentes da S.H.I.E.L.D. ou do Ross. Exceto que eles são honestos quanto ao que fazem.”

Ele só entra no time novamente para fazer seu amigo Hawkeye entrar no time também (e a amizade entre Hulk e Hawkeye e como foi desenvolvida, é provavelmente um dos maiores acertos dessa série). Mas a suspeita nunca acaba. Perto do final da primeira temporada, que Steve Rogers diz pra Hulk que desde que eles se conheceram, ele nunca viu Hulk fazer juz a fama que ele tem na mídia, e que observa ele desde que conheceram, e só consegue ver um herói.

HulkCap
“Na minha época dávamos um nome pra gente que nem você: Herói. Eu tenho te observado Hulk, e não importa o quanto as pessoas sintam medo de você, não importa o quanto te ataquem, você sempre faz a coisa certa, e isso faz de você um herói pra mim.”

Hawkeye começa a série sendo preso por um crime que ele não cometeu, e sim sua ex-parceira Black Widow, e quando os Avengers são formados eles vêm Hawkeye como só mais um vilão a ser detido, até Hawkeye salvar suas vidas. O ponto é que após o incidente, eles aprenderam sobre a inocência de Hawkeye, e passaram a confiar ele, porém Hawkeye sempre se lembra que quando ele precisou dos Avengers eles não estavam lá, e sente que a relação entre ele e o resto do time não é recíproca.

HawkeyeTchalla
“Você entende que os Avengers são destinados ao fracasso, não é? O Iron Man é completamente desqualificado pra liderar um time. O Thor é louco. O Hulk é um bomba que só está explorando pra explodir. O Ant-man não tem o mínimo interesse em capturar bandidos e a Wasp é mais uma patricinha do que uma super-heroína. E você, você é um rei, o que você quer com a gente?”

Ant-man, é um dos casos mais interessantes da série, pois nessa versão, sua maior característica é ser um pacifista. Ele não acredita em violência, ele acredita que o objetivo maior deveria ser a reabilitação de todos os criminosos e a reinserção deles na sociedade depois de reabilitados, e ele se esforça pra que os Avengers resolvam seus problemas com o mínimo possível de socos. Desnecessário dizer que raramente ele consegue o que quer. Nenhum outro avenger vê o mundo da maneira que Ant-Man vê, nem mesmo Wasp, sua melhor amiga, e único motivo pelo qual ele se juntou ao time em primeiro lugar. O idealismo de Hank é quebrado lentamente diante de seus olhos, principalmente quando ele vê sua maior invenção, Ultron, ser transformada por uma decisão coletiva dos outros avengers em uma máquina de guerra, que culminou nele virando a maior ameaça à humanidade até então. Tal evento fez com que o Ant-man perdesse boa parte de sua fé em si mesmo como capaz de aplicar algum pacifismo no mundo, e o colocou em uma jornada pra transformá-lo em Yellow Jacket, um herói apático e desesperançoso com tudo ao seu redor.

HankJan
“Jan, no tempo em que eu permaneci nos avengers eu traí tudo em que eu acredito. Usei da violência e criei algo ainda pior.”

Por último Steve Rogers, Captain América em pessoa. O problema dele é o oposto. Confiam nele em excesso. Todo mundo tem fé no idealismo dele, no quanto ele é digno, justo, capaz e heroico. Ele é o único membro do time em quem Hawkeye põe a mão no fogo, e a série inteira até seu último episódio, mostra Tony preparando Steve pra dar pra ele a liderança dos Avengers, o que ele quer fazer desde que se conheceram, mas não sentia que Steve estava pronto, visto que ele acabou de se descongelar. A confiança excessiva na figura do Captain America torna ele um ponto cego pros heróis baixarem a guarda.

Kang rastreou uma instabilidade temporal que seria o primeiro passo pra destruição de seu futuro, séculos depois, e presumiu que essa instabilidade era por culpa do Captain America, que estava vivo em uma década onde ele não deveria seguir existindo. Os Avengers se recusam a acreditar que a existência dele poderia fazer mal algum e lutam com Kang sem se preocupar com o que ele tinha a dizer. Como resultado, Steve acidentalmente usa o Tesseract pra ressuscitar Bucky Barnes, gerando a instabilidade temporal que Kang previu, e criando o Winter Soldier.

Kang
“Vocês arruinaram tudo. Eu vi o que as ações do Captain America vão causar. “

Após isso, um Skrull captura e substituí Steve Rogers como membro dos Avengers pra preparar uma invasão em larga escala, e jamais suspeitam dele, mesmo quando deviam. Após o Skrull substituir o Cap, seu vilão Zemo é o primeiro a pagar, por confiar que seu arqui-inimigo seria honrado demais para largá-lo pra morrer. 

ZemoCap
Quando Tony Stark dá sua palavra que eles não trairiam Zemo em sua trégua temporária, Zemo retruca que ele não confia em promessas feitas pelo Iron Man, somente em promessas feito pelo azulão.

A falta de confiança do time é um problema pro trabalho em equipe deles. Mas o excesso de confiança em um membro específico, é um ponto cego no qual os vilões podem agir. No fim do dia, os heróis devem confiar e suspeitar um dos outros simultaneamente, sabendo identificar o contexto, pro time poder seguir funcional. Que é o que o time concluí quando descobrem sobre a invasão Skrull.

Mas esse não é o único ponto fundamental para se ser parte de um time que a série trabalha. Tem outro.

No geral, os Avengers contrastam com três outros times durante a série. Eles interagem com a Hydra, com a S.H.I.E.L.D e com os Masters of Evil. E desses quatro times, os Avengers também se mostram o time mais unido junto da Hydra. E o que diferencia esses dois times da S.H.I.E.L.D. e dos Masters of Evil, é o fato dos membros não se colocarem acima do time, com propósitos pessoais secretos, e um desejo de usar o time para ele. Nos Avengers, todos os membros lutam nos Avengers por acreditarem na causa, e se eles têm objetivos paralelos, eles trabalham neles paralelamente e sem segredos.

HydraPowerStruggle
O primeiro contato que temos com a Hydra dos tempos presentes, é um golpe interno que houve, em que o Baron Strucker rouba o posto de líder da organização de Zemo, que percebe que se não for o líder, então não faz sentido pra ele estar na Hydra em primeiro lugar.

Ant-Man trabalhou no Ultron durante a série inteira em paralelo com os Avengers, isso nunca foi segredo pra nenhum colega dele, e ele nunca deixou isso afetar o trabalho que ele faz no time.

E isso é radicalmente diferente de como Maria Hill e Nick Fury agiam dentro da S.H.I.E.L.D, com Maria Hill esperando a brecha de Fury pra assumir a liderança e impor normas de conduta que ela sabia que não seriam impostas com Fury na liderança. Zemo e Enchantress constantemente tentavam guiar os Masters of Evil para seus objetivos pessoais que não tinham relação nenhuma com o que os demais membros queriam.

MariaHill
Maria Hill acha a Lei do Registro uma prioridade da S.H.I.E.L.D, Nick Fury não acha, então quando Fury desaparece do mapa, a prioridade da S.H.I.E.L.D é aproveitar sua ausência para fazer tudo o que o Nick não queria que fosse feito.

Os Avengers não. Os personagens nunca manipulam os Avengers pra resolverem seus problemas pessoais, ou pedem um favor na lata, ou resolvem sozinhos, e isso é importante, pois ressalta, que apesar de todos eles terem um problema de confiança com outro membro do time, todos eles acreditam e valorizam o que o time é e entendem que os Avengers são maiores do que seus membros individualmente. A única vez em que isso realmente floresce em um membro do time, foi com Carol Danvers. Que antes de ser uma avenger, era membro da S.W.O.R.D, responsável por parar ameaçar alienígenas. Quando ela vê que um membro do time é suspeito de ser um alienígena, ela decide entregá-lo a sua antiga organização. No final eles convencem ela a não entregá-lo, mas ela percebe que não vai conseguir ser uma avenger, pois sua lealdade está com outro time, e abandona a equipe, temporariamente.

MrsMarvel

A série se destaca também por não ter exatamente um protagonista. Tipo, tá o Tony é o líder, e o Steve é a estrela que está sendo preparado pra ser o líder. Mas o time é inconsistente ao longo dos episódios, não só porque novos membros vão entrando, como porque novos membros vão saindo. Ao longo das duas temporadas, todos os membros dos Avengers em determinado momento não foram membros do time com exceção de Wasp, a única que está no time desde o começo e que nunca abandona o time. Não importa se é sem o Capitain America ou sem o Iron Man, ou sempre o Thor, os Avengers seguem existindo, e é sobre o time e como fazer esse time confiar entre si, que a série se trata.

Wasp
É curioso pensar em porque já tivemos períodos em que o Iron Man, Captain America, Hulk, Thor, Ant-Man, Hawkeye, Black Panther, Mrs Marvel, Vision, todos estavam fora do time, mas a Wasp sempre se manteve firme e forte, sendo que ela no começo nem parecia uma personagem que renderia muito sem estar acompanhando o Ant-Man. Pode ser porque ela era um dos maiores alívios cômicos da série, mas eu acho que a verdade é que é porque ela era a única cujo objetivo de vida era ser uma boa super-heroína. O sonho dela era ser uma avenger, ela até deu o nome ao time.

Motivo pelo qual eu acho que embora não seja melhor que alguns outros desenhos com times de super-heróis, é a melhor animação sobre times de super-heróis. Todos os aspectos são abordados. Confiança. Significado do time. Rotatividade dos membros, mas o time se mantendo. Trabalho em equipe combinando o melhor da especialidade de cada um. E a relação entre um time vigilante e a S.H.I.E.L.D.

Sim, porque nesse desenho os Avengers não sugiram por ideia e nem com o apoio da S.H.I.E.L.D, ah não, pelo contrário, esse Nick Fury ia estar muito mais confortável vendo Tony Stark recebendo ordens diretas dele e em sua folha de pagamento do que andando por aí combatendo o crime por contra própria. Os Avengers surgiram justamente como uma alternativa à S.H.I.E.L.D, que com seus segredos e manipulações de Fury, não conseguiam despertar confiança de que eles estavam fazendo um bom trabalho.

IronManvsShield
Inclusive é bem comum, a SHIELD ser mais um obstaculo para os Avengers do que um aliado de confiança.

Inclusive, foi plantada a deixa, onde fica bem claro que se não tivessem cancelado a série, a terceira temporada teríamos a guerra civil, com a lei de registro sendo uma forma da S.H.I.E.L.D ter controle sobre os Avengers. Outro gancho plantado que seria ótimo era o da entrada da Black Widow no time, depois de anos sendo uma agente-modelo-perfeita da S.H.I.E.L.D, e ver como a mudança da natureza dos times afetaria ela (O Hawkeye era da S.H.I.E.L.D antes, mas ele não conta, pois foi traído pela organização e desprezava ela).

BlackWidow
Queria muito ter visto ela entrar no time… agora já era, nunca mais.

Mas a Guerra Civil é o que seria foda pra explorar como depois de duas temporadas tendo sua confiança testada constantemente, os personagens lidariam vendo seus colegas de equipe como inimigos no campo de batalha… mas isso vai pra série de coisas fantásticas que nunca vão acontecer.

Enfim, a série foi cancelada quando o filme dos Avengers surgiu em 2012. A Marvel resolveu lançar outra animação dos Avengers cujo lore fosse mais parecido com o do filme e do MCU, e como não podem coexistir duas séries do mesmo tema, ou o fã pira, Avengers, Earth’s Mightiest Heroes foi descontinuado. O que entrou foi aquele Avengers Assemble, que está em sua quarta temporada atualmente e é notavelmente medíocre.

AvengersAssemble

Aliás, souberam que a animação (fraca também) do Ultimate Spider-Man foi cancelada, pra Marvel lançar uma nova animação baseada no filme que estreou faz algumas semanas? Pois é, e é por isso que a gente não consegue manter animações boas dos Avengers hoje em dia.

 

Anúncios

25 thoughts on “Avengers – Earth’s Mightiest Heroes: O que significa estar em um time?

  1. Rapaz, tive essa mesma sensação ao ver esse desenho, só não sabia como explicar com palavras. Mas acho que esse desenho de uma caída na segunda temporada.
    Outra série que acho ótima é Iron Man Armored Adventures que apesar de muitos não gostarem e se incomodarem com a animação computadorizada, os episódios tem histórias muito boas e os personagens são muito carismáticos, dou destaque ao James Rhodes dessexdesenho que em 2 ou 3 episódios fez muito mais do que o da versão do cinema em todos os filmes que ele apareceu.

    Liked by 1 person

    1. Eu acho que caiu também, mas na minha opinião isso é porque os criadores sabiam que seria a última temporada e deram uma apressada pra fazer tudo o que era queriam fazer, sem ter a calma de trabalhar uma ideia de cada vez, mas com carinho.

      Tanto que o começo da segunda, onde temos a Invasão Secreta, eu gosto muito, depois disso que vira um overload de cameos e nenhum arco de histórias que é onde eu acho que enfraqueceu. Mas se tivesse terceira temporada, acho que isso não teria acontecido.

      Liked by 1 person

  2. Outra tristeza eterna foi o cancelamento de spectacular spider-man e que se agravou mais ainda ao ver o destaque desse desenho medíocre que foi ultimate spider-man.

    Gostar

  3. URRUUUUY!! Marvel no melhor blog de todos! Okay, vou me controlar. Confesso que fiquei meio decepcionada por ser algo relativo aos desenhos e nâo ao MCU ou as HQ’s, mas gostei muito do texto. A dinâmica entre os Avengers é interessante, eles são quase opostos entre si. Confesso que este desenho não me agradou muito, por um motivo muito mesquinho: “CADE MINHA MARAVILHOSA FANTASTICA E RAINHA DA PORRA TODA NATASHA ROMANOFF?” Mas, okay, okay, vamos lá Marvel, cade o filme desta mulher?

    Cara, eu sei que você prefere a DC a Marvel, porém eu amo este universo, e adoro seus textos também, então eu adoraria se postassem mais sobre a editora (e o MCU, por que eu sou destas).

    Liked by 1 person

      1. Não tem problema nenhum. 🙂 Eu também sempre que sai uma série nova saio julgando os personagens que ficaram de fora… Nessa Avenger Assemble sem o Homem-Formiga, por exemplo. Ignorando um membro-fundador do time dessa maneira, que feio.

        Gostar

  4. Se a Marvel tem um problema (e ela tem) é a divisão obvia do que é MCU e do que nâo é. Temos os mesmos personagens, com historias e formações completamente diferentes e alternativas. Eu costumo dividr em 4; As HQ’s, o MCU (meu preferido), os desenhos e o mundo completamente alternativo que são os produtos vendidos. É sério, eu nâo sei como o Peter Quill foi parar com o Venon, só sei que aquela camiseta estava muito errada (sem coméntarios para Gamora × Ultron, presente numa lancheira).

    Enfim cara, texto maravilhoso como sempre.

    Liked by 1 person

  5. Com certeza uma das melhores animações de super herois já feita eu acho que ainda prefiro Liga da Justiça e Young Justice mas ela com certeza ta no páreo.
    A relação entre os personagens é realmente é a melhor coisa da serie, gosto bastante da relação do Thor com o Homem de Fero é uma metafora bastante interessante para o conflito religião versus ciência e gostei de como Pantera age como mediador já que veio de uma região onde a ciência e misticismo andam juntas então ele faz os dois perceberem que coexistir pacificamente. Gostei bastante tambem de como adaptaram os conflitos mentais de Hank Pym sem deixa-lo tão pesado como nos quadrinhos mas ainda mantendo suas inseguranças e culpa.
    PS: Janet é esposa de Hank e não melhor amiga.

    Liked by 2 people

    1. Eu sei, mas na série eles não são casados. Nem namorados, nem ficantes. Mó climão chato inclusive, não gosto de como as séries extendem personagens muito obviamente apaixonados um pelo outro em uma tensão sexual longa e em um subplot chato em vez de fazê-los assumir um relacionamento de uma vez. Não vejo a menor graça nesses subplots. Por mim eles começavam casados e era isso.

      Liked by 1 person

      1. Tem certeza?, me lembro de que no episodio de estreia deles ela o abraça por trás de um jeito bem intimo se eles forem so amigos a cena ficou bem estranha. E me lembro que em um episodio(acho que foi do Capitão Marvel) ela fala algo do tipo: ” não acredito que Hank e eu estamos no separando”

        Liked by 2 people

      2. Justamente esse episódio do Capitão Marvel, em que ela desabafa com a Carol sobre eles não serem um casal e ela ter medo deles nunca serem, pelo Hank se focar muito em ciência pra notar os sentimentos dela. O final termina ainda com o bom clichê do Hank falando um “I Love Y…” antes de desmaiar se sacrificando pela Jan, e ao acordar ele deu aquele migué de “não lembro o que eu ia dizer.” e fingir que nada aconteceu, quando ela pediu pra ele concluir o que estava dizendo antes de desmaiar.

        Liked by 1 person

  6. Pretende escrever algum dia sobre Wolverine and the X-men? Eu nunca vi, mas só tem elogios sobre essa série internet afora. Bom ver que esse blog traz um conteúdo diferenciado, fazendo justiça às maravilhosas séries animadas esquecidas pelo tempo. Seria muito bom ler sua opinião sobre ela, e, claro, comentários sobre os bastidores que levaram ao cancelamento, o que são quase tão interessantes quanto a opinião em si hahahahah
    Enfim, não pare com esse excelente trabalho. Ganhou um leitor assíduo.

    Liked by 1 person

    1. Nunca vi o Wolverine and the X-Men. O que não me impede de no futuro ver e talvez escrever um texto ou não, nas nunca me despertou a curiosidade esse. Talvez por ter vindo seguido de duas animações dos X-Men que me agradaram muito que foi a Animated Series e o X-Men Evolution…

      Gostar

  7. Assisti a 1° temporada depois do seu texto, mas a animação Avengers está vários graus abaixo de Justiça Jovem, principalmente por conta dos antagonistas. São vilões clichês que sempre se gabam pra caralho, entregam facilmente seus planos nos diálogos e deixam brechas que esses planejadores deveriam ser capazes de prever ou fechar no improviso, já que são tão “geniais”. Falhas bobas que planos tão elaborados (como são) deveriam resolver fácil.

    É, esses antagonistas nunca realmente desafiam os Vingadores não só intelectualmente, mas emocionalmente como ocorre em Justiça Jovem. Já esta equipe (JJ) precisa de um mínimo de sorte (brechas nada previsíveis), de desenvolver laços de confiança durante toda uma temporada para, de fato, superar as adversidades extremas como sabotagem e chantagem individual.

    Os filmes dos vingadores (e alguns solos também) se saem melhor que a animação em questão de apelo emocional, por conta da atuação com elenco de peso e diretores cada vez mais precisos (apesar de cada vez menos ousados). Mas sempre achei os roteiros, ou melhor, os argumentos rasos por conta de antagonistas muito fracos intelectual e emocionalmente para planos tão ambiciosos e interessantes até, porém limitados por seus executores.

    Nos filmes: Iron Monk; Caveira Vermelha; Loki (apesar do ótimo intérprete); o carecão de “AntMan”; o Conquistador aleatório de “Guardiões 1”; Zemos; os gêmeos mutantes em “Vingadores 2”, o trevoso em “Dr Estranho”… Todos eles antagonistas subaproveitados roteiristicamente.

    Contudo, concordo com todos os aspectos positivos que vc ressaltou, mas se o foco era pra ser na relação entre os protagonistas, os vilões deveriam ser mais eficientes em atacar tais relações. Provar a ferro e fogo essa confiança.

    Liked by 1 person

  8. É um pouco triste notar que a Marvel gira em torno atualmente do cinema (nada contra), encerrando séries animadas sem se preocupar com os fãs em prol de desenhos medíocres com base nos filmes e o fato de aparentemente eles estarem pouco se importando para a qualidade dos próprios quadrinhos, entupindo de besteira politicamente correta e representatividade forçada para agradar meia dúzia de justiceiros sociais (impossível agradar esse povo), criando assim histórias chatas e fazendo as vendas despencarem.

    Liked by 1 person

    1. e eles ainda ficam modificando personagens dos quadrinhos, como a troca do nick fury, pra deixar o mesmo identifico ao do filme, e dando atenção a personagens dos filmes de forma exagerada.

      Liked by 1 person

  9. vc disse uma vez que nao gostava de the batman quais elementos vc nao gosta dessa serie animada sendo que e quase unanime que pelo menos a 4 temporada e otima

    Gostar

  10. eu recomendo witch a primeira temporada e fraca mas a segunda temporada e escrita por greg weisman ( criador e escritor de gargulas,justiça jovem,spider man 2008 e escritor da 1 temporada de star wars rebels ) talvez vc goste dessa serie

    Gostar

  11. Rapaz, essa sua análise foi tão bem elaborada que eu até tô indo atrás dessa animação.
    Parabéns pelo texto, Izzo. Você escreve de uma forma simples quanto à linguagem, o que torna efetivo o entendimento das suas ideias.
    Conheci o seu blog pelo AoQuadrado, e estou gostando muito das suas análises. Apesar de não conhecer muitas das obras que você analisa, eu só tenho elogios para os textos sobre coisas que conheço (que aparentemente são Naruto, One Piece, Hunter x Hunter Marvel e Harry Potter). Espero que continue progredindo.

    Ps:
    *Meu texto favorito é o que fala sobre o Nen de HxH. Além de ter sido o primeiro texto seu que li, foi a primeira análise que encontrei após ir pesquisar mais sobre Chimera Ants, então você também contribuiu pra mim me tornar mais fã do Togashi.*

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s